Como vencer o medo de empreender e dar o primeiro passo para abrir um negócio de sucesso.

Publicidade

 O primeiro grande medo entre qualquer pessoa que pretende empreender é ficar sem dinheiro suficiente para começar o seu negócio, no post anterior, nós falamos sobre como empreender com pouco dinheiro, mas agora, nós iremos falar como vencer o medo de dar o primeiro passo.
Sabe-se que o capital é uma das maiores preocupações para todo aquele que busca por começar um negócio de sucesso. 
Sim, é verdade, começar um empreendimento requer dinheiro, o que geralmente vem indiretamente da poupança do empreendedor, ou do bolso de investidores independentes que acreditam em suas ideias.
Se você não pode garantir um fluxo de receita confiável no momento em que o capital inicial se esgota, o negócio e todo o seu dinheiro, podem se perder para sempre. Investidores decepcionados é uma coisa, perder as suas economias é outra coisa totalmente diferente.
A sua preocupação deve ser de cautela e não de desespero, ao ponto de impedir de você começar o seu negócio.
Se a perda do investimento pessoal é o que está impedindo você de seguir em frente, considere outros meios de financiamento.
Use o crowdfunding (banco de dados de apoiadores e marketing digital ) para coletar pequenas quantidades com centenas de pessoas, ou procurar bolsas de negócios do governo para ajudar você a começar. Acima de tudo, você precisa acreditar em seu modelo de negócio – se você não fizer isso, então você não deveria entrar no mundo do empreendedorismo.
Não ser boa o suficiente, a síndrome do perfeccionismo.
Se você está preocupada em não ser suficiente boa como empreendedora, ou que seu produto não é bom o suficiente para ser competitivo, o medo pode atrasar seus negócios.
Lembre-se de um conceito simples que se aplica a todas as empresas: o lançamento de um produto que seja minimamente viável.
Seu produto não tem que ser perfeito quando você lançar, e ele não tem que ser o melhor. Ele só tem que ser aceitável. Ele precisa ser útil para seu cliente. A perfeição chega com a experiência.
A partir daí você tem espaço para fazer melhorias ao longo do tempo.
Nenhum produto começa perfeito, nenhuma empreendedora começa no topo, o fim da linha não existe, há uma trajetória a ser percorrida. Com altos e baixos. Para quem tem pouco dinheiro, é bom começar com os pés no chão.
Permita-se falhar
O medo do fracasso reside em todos nós para qualquer atividade, seja empreendedora ou conquista pessoal, falhar faz parte do processo. E ela acontece com todos nós. Seja um pequeno erro, como o fracasso de uma campanha de e-mail marketing, ou um erro grave que acomete a sua empresa. Atente-se a esses pontos:
Ø  A falha poderá ser solucionada, mas você não pode deixar o medo do fracasso impedir você de tomar uma decisão.
Ø  O fracasso só será o fim da estrada, se você permitir. Caso contrário é apenas um ponto de parada temporária. A vida dos negócios precisa seguir.
Ficar sobrecarregada e não conseguir concluir a tarefa.
 Empreender um negócio não é nada fácil. Essa vida é escolhida porque é um desafio com muitas recompensas ao longo do caminho.
Você não ficará rico a curto prazo. O empreendedorismo é cheio de obstáculos, estresse e trabalho duro.
Os lados “negativos” do empreendedorismo são controle e  equilíbrio. Sim, toda empreendedora vai se sentir sobrecarregada, isso é comum. A mudança só depende de você. Se você está lidando com muitos problemas financeiros, contrate um consultor financeiro ou faça um cursinho online. Se o problema for um funcionário, troque o funcionário.
Você vai experimentar uma maior carga de trabalho do que já enfrentou antes, mas lembre-se que você está no controle de seu próprio destino. Vença esses medos e obstáculos para conseguir teu objetivo.

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + onze =